Parteum – 2.27 Lyrics


[Intro: Paulo Nápoli]
Saca só
Rapper Nápoli
Mais uma vez com Parteum
Saca só

[Verso 1: Paulo Nápoli]
Você me diz que o rap é música de protesto
Não contesto, mas te peço um exemplo de contexto
Um contraste, pelo menos para os manos em volta
Saberem do que se trata sua treta, sua revolta
A resposta imediata me adianta a conclusão
Muitos gritam revolução mas não sabem nem onde estão
Repetem frases feitas, de efeito, mas de fato
Se formos mais a fundo seu mundo tá limitado
Não fique se lamentando quando pega o microfone
Desligue a TV, comece a escrever de monte
Desmonte todos os conceitos construídos
Você vive no Brasil e não nos Estados Unidos
Nosso potencial é igual ao dos gringos
Só temos que trocar um pouco a bola pelos livros
Agora, meu amigo, só depende de você
Combater os inimigos pra depois não se render

[Ponte: Paulo Nápoli]
Saca só então
Rapper Nápoli na situação
Com o microfone na mão
E um cigarro civil na outra
Saca só, raps à queima roupa
Saca só, saca só

[Verso 2: Parteum]
Comumente verso sobre fatos que me ocorrem quando correm no universo, nesse espaço tempo louco como gente virtual
Que tal saber quem é real, amigo?
Fitas de mil grau, elevo à enésima potência, esqueço o passatempo
Pense na ciência que casa rima e batida
Minha vida, minhas regras, como poucos lanço chamas
M. Sana pleno como cantos africanos de Kanza Lokua
Tô na rua, tô no ar, ninguém vai me calar
Se não [?] e se quiser fume do [?] enquanto [?]
Hip hop eu sei que sou, eu não preciso de um certificado
Ser idolatrado como um mago sem poderes
O que queres dessa vida se não futilidades?
Na hora da verdade todos andam pela sombra dos pés
O remédio pra sua alma, eu trago calma e direção, mas sua percepção é tão pequena

[Outro]
Hã, é tão pequena
Alguém me traz um microscópio
Saca só